Contrate

Santana

(41) 9626-8187 | (41) 3641-2191

5 Graus

Maurício Santana

Neblina. Cinco graus, de manhã - e eu tenho que trabalhar
Mais um dia, segunda-feira, enésima segunda-feira
E eu só sei o meu nome, ainda bem que lembro o meu nome

Procuro o crachá para entrar na fábrica
Abro a mala, o cheiro do cigarro e da cerveja
O meu nome é 2345-78
O meu nome é 2345-78

Numa perspectiva Nietzschiana
Eu diria que sou derrotado
Mas de uma forma cartesiana
Sou mais uma peça no sistema

E aí pergunto: cadê a razão de viver?
Smith diz: "...um monte de bens tem que ter"
Se isso não vai te deixar contente
Então, por quê ser prepotente?

Deu a hora, o ônibus está saindo
Reclina o banco e descansa
Faltam mais quatro dias
Para começar o fim-de-semana
Leva trabalho pra casa, já pensa nas férias
- Dinheirinho do cinema

Bote a culpa no domingo, o time que perdeu
Não se culpe pela vida que te esqueceu

Músicas mais acessadas

Fotos (21)

Clipes (12)

Release

O baixista Nem e o baterista Saddam pertenciam à banda Connes, que desde
1996 percorria o circuito alternativo da cidade, com dois CD´s gravados. Já o
guitarrista Santana tocou em várias bandas desde 1989, entre as quais a banda Quatrotários, que gravou um CD e tocou em festivais como Skol Rock, em Blumenau.
Apesar de tocarem em bandas diferentes, todos pertenciam à mesma “turma”,
formada por amigos e parceiros do bairro Boqueirão.
Em 1999 Santana abandona a carreira musical para morar no interior do Paraná e posteriormente no Rio de Janeiro. Voltando para Curitiba seis anos depois, reencontra Nem e Saddam, que haviam saído do Connes. Decidem então montar uma banda, um “power trio”, e desenvolver um novo estilo musical que fosse diferente de seus grupos anteriores. Em fevereiro ...

Continuar lendo>>